A GESTAÇÃO: 1º TRIMESTRE

A  GESTAÇÃO: 1º TRIMESTRE

E aquele sonho se tornou realidade: você descobre que sim, está gravida! Muito se fala de gestação mais você sabe mesmo o que esperar nos próximos meses ? Se você está no primeiro trimestre tome nota dessas informações que a fisioterapeuta e doula, Juliana Fernandes nos conta sobre essa fase inicial da gravidez.

O momento em que ocorrem as maiores alterações no corpo da mulher é durante a gestação. Uma enxurrada de hormônios toma conta do nosso corpo e o prepara para se adaptar as modificações que estão por vir. Nas primeiras semanas essas alterações são imperceptíveis até mesmo para a futura mamãe, pois os sintomas são bem parecidos, porém mais intenso que o da TPM. Sendo assim, somente após o atraso menstrual e uma junção de sintomas, que podem envolver dores nos seios e cólicas, que a gestação é confirmada. Para que o feto se desenvolva, no primeiro trimestre, ocorre o aumento da produção hormonal. Isso faz com que a mamãe fique mais sonolenta e menos disposta.

gravida2

A presença dos temidos enjoos e náuseas, que tendem a aliviar no segundo trimestre, e o aumento da frequência urinária, também são sintomas dos primeiros três meses, pois mesmo sem ser visível para os outros, o útero começa a crescer para acomodar o bebê e já faz uma leve pressão sobre a bexiga e ossos do quadril . Ao final do primeiro trimestre, a barriguinha começa a dar o ar da sua graça e em alguns casos, a gravidez começa a ser evidente! Minha dica é esperar até a 12ª semana para contar a todos a boa nova! E para ficar bem com os enjoos e demais desconfortos, a gestante pode falar com o obstetra responsável e se ele autorizar, submeter-se a sessões de acupuntura semanalmente, iniciar aulas de yoga pré-natal e coisas mais simples como cheirar gengibre macerado.

Juliana Fernandes Simões Doula – Instrutora de Yoga Pré-natal Fisioterapeuta, especialista em acupuntura. CREFITO-3 / 109.216-F

Sobre o Autor

Thais Oliveira Santos

Jornalista de profissão, sagitariana nata, otimista sempre.De todas as coisas que eu gosto, escrever está entre as 5 melhores. Ser mãe me mostrou uma pluralidade incrível e uma tolerância notável. De tudo que passei, não mudaria nada pra chegar até aqui.

Sem Comentários

Deixe uma resposta