Criança com intestino preso? Isso não é normal!

Criança com intestino preso? Isso não é normal!

Hoje iniciamos uma nova colunista de nutrição no blog! A Raisa Barragam vai  colaborar com assuntos que são sempre muito importantes na vida de qualquer mãe: fazer o filho comer e de preferencia, comida boa e saudável! O texto de hoje já começa com assunto bem importante: intestino preso em crianças não é normal, clica e confira como você pode ajudar.

Nós adultos sabemos: quando o intestino para, nada mais funciona. Ficamos indispostos, desanimados, causa dores de cabeça e nada parece funcionar não é verdade? Isso acontece porque o intestino é o órgão principal e mais importante do nosso corpo, é por meio do intestino que absorvemos os nutrientes e a água que precisamos! Mas sua importância não pára por aí, pois também é um órgão essencial para a nossa imunidade, uma vez que a mucosa intestinal possui em torno de 60% das nossas células de defesa.

Quando isso acontece com as crianças não é diferente, porém elas tem uma forma diferente de lidar com a situação. Muitas crianças tem surgido com este problema e alguns pais ficam preocupados por não saberem uma forma não medicamentosa para tratar.

O baixo consumo de água,  fibras provenientes dos alimentos naturais e integrais e a falta de atividade física são algumas causas para que esse problema persista, por isso PAIS, fiquem de olho também nesta questão, não só quando o fato estiver consumado, mas principalmente: PREVENÇÃO.

ra3 ra2

Probiótico e Prebiótico, qual a diferença?

Os probióticos são microrganismos vivos que após ingestão, em quantidades suficientes, exercem efeitos benéficos na saúde para além de nos alimentarem. Eles são habitualmente encontrados nos produtos lácteos fermentados. *Atenção ao consumo de fermentados como: chamyto ou yakult: são alimentos ricos em açúcares simples*

Os prebióticos são componentes alimentares não digeríveis, pertencentes à família das fibras, que estimulam o crescimento e a atividade de diversos microrganismos da flora intestinal. São encontradas naturalmente em alguns alimentos como: cebola, alcachofra, banana, escarola, alho  ou adicionados em outros alimentos por exemplo: pão, biscoitos, etc.

Dicas para reverter o quadro de constipação:

  • Organize os horários de alimentação de seu filho para garantir o volume alimentar suficiente;
  • Mantenha o hábito alimentar da criança introduzindo gradativamente alimentos “diferentes” diariamente;
  • Se a criança não aceita verduras e legumes, iniciar a introdução pelas frutas ou fazer variações no preparo por exemplo: arroz com cenoura, bolinhos ou almôndegas com verduras, massinhas de panquecas coloridas com beterraba ou espinafre, etc;
  • Estabelecer horários e criar o hábito da ingestão de água pura durante todo o dia;
  • Adicionar farelos funcionais na alimentação da criança como substituto de farinha de trigo, por exemplo: farelo de aveia, farinha de banana verde e farinha de linhaça.

Raisa Barragam CRN 3 40394
Especialista em nutrição clínica e proprietária da Santo Detox.

Sobre o Autor

Thais Oliveira Santos

Jornalista de profissão, sagitariana nata, otimista sempre.De todas as coisas que eu gosto, escrever está entre as 5 melhores. Ser mãe me mostrou uma pluralidade incrível e uma tolerância notável. De tudo que passei, não mudaria nada pra chegar até aqui.

Sem Comentários

Deixe uma resposta