Veja porque é tão importante ter cinco cores no prato da criança

Veja porque é tão importante ter cinco cores no prato da criança

Muita gente já sabe mas, qual o motivo deste lema, “Um prato para ser saudável, deve ter no mínimo 5 cores.”?

O prato colorido é um jeito lúdico de mostrar para as crianças a variedade de cores que os alimentos podem nos proporcionar, além de principalmente estarmos garantindo a variedades de vitaminas e minerais que cada alimento nos trás.
Criança adora tudo que é colorido, as roupas, brinquedos, desenhos na TV, vídeo-games…e na comida não precisa ser diferente.

Os alimentos alaranjados são fonte de betacaroteno: agem para o aumento da imunidade, proteção para doenças do coração, além de melhorarem  a visão e a pele.

Os verdes são fonte de ferro: auxiliam no crescimento e na manutenção da pele, cabelos, ossos e visão. Contribui para o bom funcionamento do sistema digestório, nervoso e imunológico, além de reduzirem significamente o colesterol.

Os vermelhos são fontes de: licopeno, auxiliando na redução de índices de câncer, manutenção da pele, gengivas, vasos sanguíneos e reduzindo taxas de colesterol no sangue.

Os alimentos roxos são fonte de: antocianina, com efeito antioxidante, auxiliando na preservação da memória e protegendo o coração.

Os alimentos brancos atuam como: anti inflamatórios principalmente contra alergias, fortalecendo o sistema imunológico e circulatório.

 

Dicas de como montar um pratinho colorido:

50% do prato saudável deve ser salada (alface, rúcula, almeirão, agrião), legumes (cenoura, beterraba, chuchu, abobrinha, abóbora…quanto mais cru, melhor, pois mantém os nutrientes como as fibras e as vitaminas e as frutas.

As proteínas representam 25% do seu prato saudável, incluindo a proteína vegetal, que são os feijões, a lentilha, o grão-de-bico, a soja e a ervilha, e a proteína animal, que são as carnes, e 25% de carboidratos, preferencialmente, os integrais.

CARBOIDRATOS- 1 opção Arroz, massas, milho, mandioca, mandioquinha, farofa.
PROTEÍNA ANIMAL- 1 opção Carne boniva, frango, peixes, frutos do mar, ovos.
PROTEÍNA VEGETAL Ervilha, lentilha, quinoa, feijão, soja, grão de bico.
VITAMINAS E MINERAIS Todos os vegetais, folhas e legumes.
FIBRAS Frutas

Nutricionista Raisa Barragam
Especialista em Nutrição Clínica e ambulatorial.
CRN 3 40394

Sobre o Autor

Thais Oliveira Santos

Jornalista de profissão, sagitariana nata, otimista sempre.De todas as coisas que eu gosto, escrever está entre as 5 melhores. Ser mãe me mostrou uma pluralidade incrível e uma tolerância notável. De tudo que passei, não mudaria nada pra chegar até aqui.

Sem Comentários

Deixe uma resposta